Benefícios do chá verde para a saúde

Benefícios do chá verde para a saúdeO chá verde é obtido da mesma planta que o chá preto, a Camellia sinensis. A diferença entre ambos está no processo de fabricação, em que, ao contrário do chá preto, as folhas do chá verde não são fermentadas (oxidadas), o que permite uma maior concentração dos polifenóis (flavonóides, catequinas, taninos), uns poderosos antioxidantes naturais aos quais se atribuem todos os benefícios do chá verde.

Natural da china, o chá verde, graças às suas substâncias benéficas, foi utilizado, durante mais de 4000 anos como um medicamento neste país. Por isso, atualmente, depois de muitos estudos científicos, o chá é considerado um alimento funcional pelos inúmeros benefícios que apresenta para a saúde humana.

O chá verde por estar menos processado contém mais antioxidantes, sendo por isso mais potente e saudável que o chá negro. Os radicais livres causam danos nas células acelerando o envelhecimento do corpo, por isso uma dieta rica em antioxidantes é crucial para combatê-los.

Todos os benefícios do chá verde para a saúde

Muitos estudos demonstraram o efeito protetor do chá verde contra diversos tipos de doenças:

  • reforça o sistema imunitário, aumentando as defesas naturais do corpo
  • previne o envelhecimento precoce
  • pode prevenir o aparecimento de alguns tipos de cancro: muitos estudos sugerem que graças aos seus antioxidantes, em particular as catequinas, ajudam a proteger do cancro.
  • prevenção de doenças cardiovasculares: o chá verde pode diminuir a formação das placas de aterosclerose, como também melhorar a circulação sanguínea, evitando os trombos e coágulos
  • reduz a gordura abdóminal
  • tem efeito diurético promovendo a eliminação de líquidos
  • é um aliado da beleza da pele, mantendo-a hidratada e contribuindo para a redução das rugas de expressão

Chá verde ajuda a emagrecer

Beber chá todos os dias pode ajudar a emagrecer, uma vez que acelera a termogênese, ou seja estimula o corpo a gastar mais calorias. Os polifenóis presentes no chá, concretamente as catequinas e o seu elevado teor em EGCG (epigalocatequina galata), são os responsáveis do efeito termogénico do chá, contribuindo para a perda de peso.

Uma boa forma é começar logo de manhã a beber uma chávena de chá verde ou substituir o café do pequeno almoço por uma chávena de chá verde. Mas não esquecer que o chá verde por si só é apenas uma ajuda, um complemento. Beber muito chá e descuidar outros aspectos da alimentação, os resultados não aparecem. A perda de peso não recai unicamente sobre um alimento, mas sim no tipo de alimentos que compõem a nossa dieta diária. O consumo deve de ir acompanhado de hábitos de vida saudáveis sem esquecer o exercício físico.

Adoçar o chá com açúcar vai aumentar o seu valor calórico, use um adoçante natural como por exemplo a stevia, para evitar somar calorias se pretende beber varias chávenas ao dia.

Conselhos para comprar e preparar o chá verde

Dê preferencia ao chá verde em folhas do que em saquetas, porque normalmente as embalagens são opacas, conservando melhor as suas propriedades benéficas. Conseguir um bom chá depende muito da temperatura da água, para tal é importante que a água não ferva para o chá não adquirir um sabor muito amargo e, não perder assim, as suas propriedades benéficas. No caso de ferver deixe arrefecer uns minutos antes de acrescentar a erva do chá, e tape por 3 a 5 minutos. Coe e espere que arrefeça. Pode beber quente ou frio várias chávenas por dia. Não deve de reaquecê-lo, tão-pouco guardá-lo mais de 12 horas.

Nem tudo são vantagens

Apesar de todos os benefícios, convém ter em conta algumas precauções. O chá verde pode causar nervosismo devido à teína, uma substância excitante igual que a cafeína. Embora uma chávena de chá contenha menos da metade da cafeína que uma chávena de café, não deixa de ser um excitante, por isso deverá ser evitado por grávidas, lactantes, crianças e hipertensos, pessoas com problemas cardiovasculares e que sofram de insónias.

O chá verde, como também o chá preto dificultam a absorção do ferro dos alimentos, pelo que as pessoas com deficiência neste mineral ou susceptíveis de o serem não deveriam consumir mais de uma ou duas chávenas por dia.

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Faça um comentário