Chá Rooibos uma bebida para promover a saúde

Cada vez mais são as pessoas que preferem o chá rooibos, em vez do chá verde, pelo seu gosto, a sua elevada quantidade de minerais, as suas propriedades digestivas e porque não tem cafeína.

O chá rooibos oferece uma série de benefícios para o corpo, mas sem os problemas de outras bebidas estimulantes, como o café ou o chá tradicional.

Rooibos (Aspalathus linearis) é um arbusto que cresce exclusivamente na África do Sul na região de Cedaberg, que na língua africâner significa arbusto vermelho, daí também ser conhecido como chá vermelho ou chá rooibos. Não confundir com o chá Pu Er, conhecido também como chá vermelho.

Chá Rooibos uma bebida para promover a saúde

O chá Rooibos não é realmente um chá, mas uma infusão/tisana, porque não deriva da planta do chá chamada Camellia sinensis, como o chá verde ou preto, por isso o chá Rooibos não contém cafeína e tem um nível muito baixo de taninos.

No entanto, a produção do chá é a mesma: as folhas são colhidos a partir do arbusto. Depois, tal como na produção do chá preto, as folhas são oxidadas durante a fermentação, adquirindo assim, a cor vermelho acastanhada e o aroma tipico dos Rooibos.

O Chá rooibos “verde” também é produzido, mas não é fermentado, sendo por isso mais rico em anti-oxidantes e flavonoides. A sua produção em menor quantidade, torna-o um produto mais caro do que o rooibos fermentado.

Historia do chá Rooibos

O Rooibos é uma planta que permaneceu desconhecida, durante muito tempo, no mundo ocidental. No entanto, esta planta sempre fez parte do estilo de vida das tribos da África do Sul. Durante séculos, estas tribos usaram as folhas deste arbusto para preparar uma bebida quente e saudável com propriedades medicinais, que utilizavam principalmente no tratamento de alergias, problemas digestivos, cólicos infantis e eczemas na pele.

Só no início do século XX a planta Rooibos tornou-se conhecida em todo o mundo, sendo incluída, por botânicos e exploradores, na categoria de plantas medicinais da África do Sul. Porém, só a partir da Segunda Guerra Mundial, começou a ser consumida como chá, tendo vindo a ganhar uma enorme popularidade nos últimos anos, devido às suas propriedades benéficas. De facto, no mercado internacional está a destronar o chá Pu Erh ou chá vermelho.

Chá Rooibos – uma bebida com muitos benefícios para a saúde

Rooibos contra os radicais livres: os radicais livres são elementos agressivos que atacam as células do organismo. As consequências são o envelhecimento mais rápido e o enfraquecimento do sistema imunitário. Para contra-atacar, o corpo defende-se gerando outras substâncias chamadas antioxidantes. Os antioxidantes neutralizam os radicais livres. Certas vitaminas têm ação antioxidante, é o caso da vitamina C contida no chá de Rooibos, como também outras substâncias, os flavonóides, com forte ação antioxidante. Por tudo isto é uma infusão ideal como bebida protetora contra os radicais livres, para retardar o envelhecimento.

Bebida para atletas: devido ao efeito antioxidante e sua riqueza em minerais (potássio, cálcio, ferro, magnésio e zinco) pode ser considerada uma bebida isotónica, ideal para os atletas para substituir os sais minerais eliminados durante o exercício.

Problemas de pele: a maioria dos problemas de pele como comichão, eczema, crostas, assaduras, irritações, queimaduras solares, alergias e urticárias, normalmente melhoram com a aplicação externa do Rooibos.

Distúrbios digestivos e intestinais: graças à presença de quercetina e quercitrina na sua composição, o chá Rooibos melhora a maioria de problemas como: diarreia, prisão de ventre, gastrite, dores de estômago, vómitos ou náuseas.

Ossos e dentes saudáveis: a sua riqueza em minerais, magnésio, cálcio, fosfato, ferro, manganês e flúor são importantes para a saúde dos ossos e dentes

Emagrecimento: é ligeiramente diurético, evitando a retenção de líquidos, a sensação de inchaço após as refeições, a má digestão e a obstipação. Por isso o chá rooibos é um bom aliado nas dietas de emagrecimento.

Sistema nervoso: o chá rooibos não contem cafeína, por isso não é excitante, e por outro lado é rico em minerais como o magnésio, muito importante para o sistema nervoso, para aliviar a irritabilidade e insónia. Exerce também influência positiva sobre a hormona serotonina, a hormona da felicidade, podendo aliviar a depressão.

Espasmos e cólicas: pelas suas propriedades antiespasmódicas é útil no alívio das cólicas, incluindo as cólicas dos bebés

Efeitos anti-alérgicos: é um auxiliar no tratamento de alergias, ao reduzir a produção de histamina, minimizando os sintomas alérgicos, como a asma . O aspalathin e notofagina são flavonoides que retardam a libertação de histamina no corpo, favorecendo o alivio da asma ou outras alergias respiratórias e da pele.

Benéfico para o coração: por ser rico em flavonoides, umas substâncias anti-oxidantes, protegem a saúde do coração, ajudando a baixar os níveis de colesterol do sangue e a melhorar a tensão arterial.

Boca e garganta: muitos problemas da boca como aftas, dores de garganta ou faringite, gengivite costumam melhorar com lavagens ou gargarejos feitas com este chá.

Contudo, é importante notar que o chá Rooibos não é um medicamento. Como tal, não substitui medicamentos para doenças.

Bebida saudável, mas sem teína

A teína que é o mesmo que a cafeína, é um estimulante encontrado no café e no chá preto e chá verde, entre outros benefícios, ajuda a estimular o corpo, aumentando a concentração, especialmente no momento de levantar, depois de comer, ou seja quando acusa sono ou cansaço físico ou mental.

No entanto, muitas pessoas não podem tolerar o café ou qualquer tipo de chás estimulantes, particularmente aquelas pessoas com hipertensão, obesidade, nervosismo ou stress. O Chá de Rooibos ao não ter teína, é como dizer que o chá rooibos não tem cafeína, podendo ser tomado por qualquer pessoa de todas as idades. Na África do Sul, é dado aos bebés que sofrem de cólicas para aliviar e relaxar o sistema digestivo.

Como preparar o chá de rooibos

Ferver a água, adicionar a saqueta ou uma colher de chá de ervas, e de seguida, deixar repousar cinco a dez minutos tapado, para que as suas propriedades ativas se dissolvam na água. Se for necessário usar um coador, para coar as ervas, que são muito finas.

Pode ser bebido com leite, limão, ou até mesmo frio. Ao contrário do chá verde, o chá rooibos é bem tolerado em grandes quantidades porque não contém cafeína e é baixo em taninos. Outra vantagem, é que o baixo teor de taninos não impede a absorção de certos minerais como o ferro. É também benéfico para as crianças e pessoas com estômagos sensíveis, nervosas ou com hipertensão.

Todas a propriedades benéficas do chá Rooibos não acabam aqui, além de ser uma bebida saudável, pode ser aplicado como loção de beleza, para dar brilho e aclarar o cabelo e ainda como tónico para a pele.

Aliado nas dietas de emagrecimento

O sabor adocicado do chá rooibos não é motivo para pensar que tem calorias, o que poderia preocupar, quem segue um regime de perda de peso. Muito pelo contrário, esta infusão de ervas é o aliado perfeito para acompanhar uma dieta baixa em calorias, já que o teor de açúcar é zero.

O sabor ligeiramente doce vem dos óleos essenciais e flavanonas, um tipo de frutose que não tem calorias. Além disso este chá tem efeito diurético, evitando a retenção de líquidos e ajudando na digestão e na regulação do trânsito intestinal. Graças ao chá de rooibos é possível eliminar toxinas e sentir-se menos inchado.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

One Response to “Chá Rooibos uma bebida para promover a saúde”

  1. J. diz:

    Amo! Me faz dormir que é uma beleza. Conheci uma senhora que toma este chá há uns 50 anos já…. Ela realmente tem uma pele linda. Será que todos estes anos de Rooibos ajudou?

Faça um comentário