Dieta flash

Dieta flashA dieta flash, criada pelo médico espanhol Dr. Manuel Jimenez Ucero, é atualmente muito famosa embora já exista há 30 anos. Garante perder peso muito rapidamente, entre 10 e 30 quilos em três ou quatro meses, com resultados espetaculares, não só na perda de peso mas na normalização da glicose, do colesterol, do ácido úrico e no rejuvenescimento do corpo sobretudo na pele, sem deixar flacidez.

Promete ser a última dieta e está recomendada especialmente para pessoas obesas que devam perder como mínimo 10 kg, já para quem quer perder menos, por exemplo 3 kg aconselha outras dietas.

Esta dieta preza-se de ter conseguido fazer emagrecer 30 milhões de pessoas em todo o mundo. Embora pareça uma dieta de moda, a dieta Flash é um tratamento utilizado por médicos especialistas há mais de trinta anos, com bons resultados, permitindo ao mesmo tempo manter a energia e a vitalidade necessárias para manter o ritmo de vida habitual sem provocar carências de vitaminas e nutrientes como é normal em muitas dietas de emagrecimento que prometem perdas de peso rápidas.

Dieta proteinada

Também conhecida por dieta das proteínas, porém o seu autor prefere chamá-la dieta proteinada, já que a expressão “dietas das proteínas” pode induzir a erro, e que a dieta flash seja confundida com outras dietas muito altas em proteínas como é o caso da Dieta Atkins, na qual há um consumo excessivo de proteínas animais e gordura saturada que poderiam sobrecarregar os rins e originar problemas de saúde. Na dieta flash o consumo de proteínas nunca excede de 1 a 1,5 gramas por quilo de peso, que é a quantidade recomendada pela OMS.

O objectivo deste plano alimentar é a redução radical dos hidratos de carbono (açúcares e féculas), porque estes, segundo a experiência clínica do Dr. Ucero são os causadores da obesidade. Contudo, este médico recomenda que esta dieta, baseada em ingerir uma maior quantidade de proteínas e em restringir os açúcares e a gordura na sua fase inicial, deve ser feita com o acompanhamento de um especialista.

Em que consiste a dieta flash

Consiste na redução drástica dos hidratos de carbono, não mais de 50 gramas por dia, na ausência total de gorduras e um fornecimento correto de proteínas para manter a massa magra (massa muscular). O corpo privado do açúcar no sangue e depois de esgotar todas as suas reservas de energia, começará a queimar a gordura que tem acumulada, como combustível. Desta forma começa o processo de emagrecimento, o que levará o corpo a produzir corpos cetónicos, daí a necessidade de ingerir, pelo menos, 1,5 litros de água, para ajudar a eliminá-los e reduzir a sensação de mau hálito.

As fases desta dieta 

A dieta está dividida em 3 fases e compõe-se de cinco refeições por dia.

1.Fase muito estrita – emagrecimento rápido: nesta primeira fase, está permitido o consumo unicamente de alguns vegetais e os produtos da dieta: são substitutos de refeições à base de proteínas com todos os aminoácidos essenciais e enriquecidos com vitaminas, minerais, que podem substituir várias refeições por dia, todos eles livres de gorduras e hidratos de carbono. Esta fase também chamada de fase cetónica vai permitir perder peso rapidamente sem fome, e sem perda de massa muscular. Tem uma duração de 15 dias para as mulheres e 10 para os homens. Durante esta etapa perde-se 80% do sobrepeso.

2.Fase de transição – emagrecimento lento: nesta etapa continua a perda de peso, ao mesmo tempo que se se vai introduzido na dieta de forma progressiva mais variedade de alimentos como legumes, fruta, lácteos, massas e arroz (2 vezes por semana), e leguminosas, como também a prática de algum exercício físico. Os produtos proteicos, continuam a ser indispensáveis nesta fase, substituindo refeições, mas menos que na fase de emagrecimento rápido. Esta fase dura também 15 dias para as mulheres e 10 dias para os homens

3.Fase de manutenção – manter o peso após emagrecer. Nesta última etapa, o objetivo é saber manter o peso alcançado. A dieta será variada e já não é preciso os substitutos de refeições, por isso é uma fase que dura um pouco mais: quinze dias para os homens e trinta dias para as mulheres, na qual há uma reeducação alimentar.

Depois do peso perdido o Dr. Ucero recomenda praticar a 1ª fase da dieta (fase muito estrita) uma vez por semana para estabilizar o peso.

As dietas muito ricas em proteínas e baixas em hidratos de carbono estão a ter muito éxito, sobretudo nas pessoas obesas. Representam um excelente meio de emagrecer e manter depois o peso normal, contudo esta dieta recomendada ser feita com o acompanhamento de um profissional especialista. Aqui fica um exemplo de um menu da fase de transição.

Menu da dieta Flash

Pequeno -Almoço

  • 20 g de pão ou 2 torradas integrais com 10 g de manteiga ou margarina
  • 1 fatia de fiambre, ou 1 ovo, ou 25 g de queijo com baixo teor em gordura
  • café ou chá sem açúcar (usar adoçante)

A meio da manhã

  • substituto da refeição (produto proteico em saqueta para dissolver)

Almoço

  • 150 g de carne (escolher entre: vaca, vitela, frango, porco, coelho, todas sem gorduras) grelhada, assada ou cozida, acompanhada  com legumes e salada

Lanche da tarde

  • substituto da refeição (produto proteico em saqueta para dissolver)

Jantar

  • 200 g de peixe branco, acompanhado de verduras

Temperos: 1 colher de chá de azeite + 1 colher de chá de vinagre de vinho + 1 colher de chá de sumo de limão

Nas refeições principais a carne ou o peixe podem ser substituídos por 2 ovos, se assim desejar.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Faça um comentário