A dieta do limão passo a passo

A dieta do limão passo a passoA dieta do limão pretende aumentar a vitalidade, desintoxicar, perder gordura e proporcionar à pele uma aparência brilhante. Por isso, tem muitos seguidores, entre eles, estrelas de Hollywood, como Heidi Klum, Jennifer Aniston… O limão, rico em vitamina C parece fazer verdadeiros milagres.

O que promete a dieta do limão?

O Dr. Martine André, depois de investigar em profundidade a dieta do limão, desenvolveu um plano de sete dias, que consiste num menu diário, cada um, com um objetivo. O resultado final é sentir-se mais mais leve, desintoxicada e ter reduzido, pelo menos, um tamanho de calças.

O foco da dieta está centrado no limão, mas tal não quer dizer que deva alimentar-se apenas desta fruta. O verdadeiro protagonista é o sumo do limão e o seu efeito benéfico na perda de peso.

Beber sumo de limão impede os ataques de fome. A bebida age como um inibidor do apetite. Além disso, ao beber vários litros de água e sumo de limão, há um aumento da eliminação de líquidos, o que vai estimular a perda de peso. Outra vantagem acrescida é que os limões são saudáveis, pois são ricos em vitamina C, ajudando a fortalecer o sistema imunitário.

Variantes da dieta do limão:

Existem diferentes maneiras de fazer esta dieta:

Opção 1: Come normalmente, mas durante todo o dia, deve beber sumo de limão – puro ou diluído em água.
Opção 2: Vai beber sumo de limão, mas ao mesmo tempo deve manter uma dieta especial para 7 dias. Cada dia tem um propósito e, os menus têm como objetivo alcançar determinados princípios, como por exemplo, um dia sem açúcar.
Opção 3: Pode beber sumo de limão e não comer nada. Os limões são espremidos e o líquido diluído com água, deve-se adicionar xarope de ácer e pimenta caiena para intensificar o sabor da bebida. Esta variante é muito popular entre as estrelas de Hollywood.

A segunda opção é a mais recomendável e aqui encontra o plano da dieta do limão para para sete dias.

Como comer durante a dieta de limão?

A dieta de limão é realizada durante sete dias. Faz-se cinco refeições por dia e bebe-se unicamente o sumo de limão diluído em água. Antes de começar a dieta, deve fazer um dia de desintoxicação -1 dia Detox – para livrar o corpo de toxinas. Não é necessário realizar jejum radical, já que podia obter o efeito contrário – acumular toxinas em vez de eliminar. A comida consistirá apenas em vegetais, frutas, peixes e gorduras saudáveis (azeite ou nozes), dado que os alimentos naturais aceleram o processo de desintoxicação do organismo. Deve-se beber muita água, chá ou sumo de limão para facilitar a eliminação das toxinas e evitar a desidratação.

Para potenciar o efeito depurativo e desintoxicante do corpo beba bastante ao longo do dia. O Ideal é preparar uma limonada caseira: 2 colheres de sopa de sumo de limão + 30 cl de água + 2 colheres de chá de xarope de bordo orgânico + 1 pau de canela + 1 pitada de malagueta (caiena -chili).

Também pode beber chás de ervas ou sopas caseiras. As bebidas devem estar à temperatura ambiente. No final do dia vai se sentir mais leve e em melhor forma, dado que, e dependendo do seu peso inicial e porte físico, poderá vir a perder entre 1/2 kg  e 1 kg.

A dieta do dieta limão passo a passo

Dia 1: Beba bastante sumo de limão e água

O sumo de limão estimula a digestão, promove o trânsito intestinal, ajudando a eliminar toxinas e, além disso reduz o apetite de forma natural. Beba logo de manhã ao acordar um copo. Durante todo o dia (mas fora das refeições) beba bastante, não só para manter-se hidratado (cerca de 6-8 copos grandes) mas também para moderar o apetite.

Dia 2: Forneça vitamina C ao seu corpo

Comer em abundância frutas e legumes, porque desta maneira vai tomar vitamina C, já que esta vitamina fortalece o sistema imunológico e acelera o metabolismo celular o que faz aumentar a queima de gordura.

Dia 3: Estabilize os níveis de açúcar no sangue

Regular o nível de açúcar no sangue é uma das melhores maneiras de perder peso, já que níveis muito altos ou muito baixos de açúcar no sangue aumentam o apetite. Sendo assim, o sumo de limão, faz com que o açúcar no sangue se mantenha mais estável. Experimente usar sumo de limão como condimento para dar sabor à comida. Outra medida para regular o açúcar no sangue é comer alimentos ricos em proteína, tais como: ovos, aves, peixes, carnes magras, leite magro, queijo, iogurte, mas também alimentos com baixo índice glicémico como os frutos secos, cogumelos e cereais integrais. Para além de manterem a saciedade por muito mais tempo, o corpo ver-se-á  forçado a recorrer às reservas de carboidratos e gordura, o que resultará na redução do peso.

Dia 4: Consuma menos açúcar

Fique longe dos doces. Isto porque, a produção de insulina é estimulada pelo açúcar que circula no sangue, o que faz aumentar o apetite e a vontade de comer alimentos calóricos (chocolate, bolos, biscoitos, bolachas…). Os produtos refinados no corpo têm um efeito semelhante ao açúcar, portanto limite o seu consumo. Sem açúcar, começa a perder gordura e o fígado trabalhará melhor. Ao quarto dia da dieta deve manter-se longe dos doces, mas, no caso de sentir uma vontade irresistível de comer algo doce, opte por alimentos de baixo índice glicémico (pão integral, galetes de arroz, bolachas de aveia, mas sem comer demasiado …). Em relação às frutas, também são ricas em açúcar, acompanhe-as com nozes, amêndoas para limitar o impacto do açúcar no sangue.

Dia 5: Mantenha o consumo de gordura controlado

Apesar da gordura ser muito calórica é, contudo um nutriente essencial para o corpo. Entre 20 e 25 % das nossas necessidades energéticas devem provir das gorduras. As boas gorduras são essenciais, por exemplo, nozes, sementes, óleo de peixe, canola ou óleo de noz e o azeite. O consumo de gordura boa ajuda a perder peso, dado que diminuem a passagem dos hidratos de carbono para o sangue. Por outro lado deve restringir as gorduras saturadas encontradas, nos produtos lácteos, manteiga e carnes gordas. Coma peixes gordos pelo menos duas vezes por semana, bem como uma pequena porção de nozes (amêndoas, nozes) e sementes (linhaça, girassol, abóbora) nos lanches.

Dia 6: Consuma mais alimentos frescos e integrais

Estes alimentos estão cheios de nutrientes essenciais para manter a linha e a saúde: fibras, vitaminas e minerais e, além disso não contêm adição de açúcar ou de substâncias artificiais que prejudicam a digestão, sobrecarregam o fígado e impedem a queima da gordura corporal.

Como tal, retire todos os produtos industriais e refeições pré-preparadas e, em seu lugar, prefira os alimentos naturais e frescos e opte pelo pão, massas e cereais integrais, em particular os de agriculta orgânica, dado que estão livres de pesticidas e outras substâncias químicas, o que os torna ainda mais saudáveis.

Dia 7: Como ter uma boa digestão

Uma má digestão, impede o organismo de receber todos os nutrientes essenciais de que necessita para o seu correto funcionamento. E, por outro lado, uma boa digestão ajuda a eliminar os quilos a mais.

O que pode fazer para ter uma boa digestão? A primeira coisa a fazer é mastigar bem de modo a impregnar os alimentos de saliva – a boca é o primeiro passo da digestão. Comer com moderação e a horas regulares, dedicando-lhe bastante tempo e nunca quando se sente cansado, física ou intelectualmente. Evite ver a televisão ou manter conversas prolongadas durante as refeições. Convém fazer uma pausa antes de comer a sobremesa. Finalmente, se praticar uma atividade física com regularidade melhora a digestão e o trânsito intestinal.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Faça um comentário