Dormir pouco engorda!

Dormir pouco engorda!Dormir pouco engorda, é a conclusão a que chegaram alguns estudos. As pessoas que dormem pouco, menos de cinco horas por dia, estão mais propensas a ganhar peso e, além disso, esteticamente parecem mais velhas do que realmente são.

Embora a dieta alimentar e a atividade física sejam os grandes pilares para perder ou manter o peso, a redução do número de horas de sono altera o funcionamento das hormonas que regulam os sinais da fome e da saciedade. Verificou-se que quem dorme pouco tem tendência a comer mais. A repetição desta situação dia após dia leva ao excesso de peso.

Quem dorme menos de cinco horas todas as noites, tem tendência a comer mais durante o dia, podendo ingerir até um máximo de 900 calorias a mais, como demonstrou vários estudos. Os especialistas dizem que a falta de sono altera o correto funcionamento das hormonas que regulam o apetite.

Dormir pouco engorda, porque:

  • A leptina que nos transmite a sensação de saciedade encontra-se reduzida
  • A grelina que nos abre a vontade de comer aumenta
  • O resultado é que passamos a ter mais fome e apetite no dia seguinte

Sendo assim, comeremos mais hidratos de carbono refinados como fonte rápida de energia. Isto porque ficamos mais propensos a escolher alimentos de pior qualidade, especialmente alimentos calóricos ricos em hidratos de carbono, para tentar substituir a energia que não foi recuperada durante a noite. Esta situação, ao longo do tempo, leva inevitavelmente a uma maior ingestão, e, finalmente, ao ganho de peso.

Hormonas que controlam a saciedade e o apetite

As duas hormonas responsáveis pelas sensações de saciedade e fome são a leptina e a grelina. A leptina transmite ao cérebro os sinais de saciedade e a grelina, pelo contrário, abre o apetite. Dormir pouco faz diminuir os níveis de leptina e, por sua vez faz aumentar os níveis de grelina. A desregulação destas hormonas tem como resultado final o aumento do apetite e consequentemente uma maior vontade de ingerir alimentos calóricos.

O que acontece durante o sono?

Durante o sono normal a leptina aumenta, mantendo-se elevada, eliminando assim a sensação de fome. Por outro lado a grelina baixa. Estas mudanças acontecem todas as noites, desde que se tenha consumido a quantidade de calorias necessárias ao nosso organismo durante o dia e mantenhamos suficientes horas de sono respeitando os ritmos circadianos naturais do corpo.

Reduzir as horas de sono altera a produção destas hormonas, responsáveis pelo apetite. Dormir poucas horas leva a uma menor produção de leptina e isso faz com que nos sintamos com mais fome, não só ao acordar, mas também durante todo o dia.

Portanto, em dietas e programas de perda de peso, além do controlo das gorduras e hidratos de carbono, é importante também dormir bem, uma média de 7 a 8 horas de sono por noite, de modo a manter em equilibro as hormonas que regulam o apetite. Além disso dormir o suficiente garante não só permanecer magro mas também saudável.

O que pode fazer para dormir melhor?

  • Durma entre 7 a 8 horas todas as noites
  • Dormir bem ajuda a combater o stress, pois ao estar estressado, tende a comer demasiado
  • Lembre-se que se não dormir pelo menos sete horas os açúcares e amidos vão ser pior metabolizados
  • Evitar jantar tarde e em abundância. O sono é um período de repouso, o corpo não necessita de muitas calorias, por isso durante o sono há uma redução do metabolismo
  • Procure fazer a digestão antes de meter-se na cama, para tal evite comer 3-4 horas antes de ir dormir
  • Durma num quarto completamente escuro. A luz indireta altera a produção de melatonina (hormona que induz o sono)
  • Mantenha um horário regular para dormir e acordar
  • Não beba demasiados líquidos à noite de modo a evitar interrupções desnecessárias do sono, como ir à casa de banho
  • Evite ter televisão, tablets e smartphones no quarto de dormir. A luz azul destes aparelhos afecta a qualidade do sono, já que suprime a produção de melatonina, uma hormona que ajuda a dormir
  • Evite fazer exercício físico até cinco horas antes de ir dormir
  • Não leve as preocupações da vida para a cama

Nos últimos 40 anos, o estilo de vida das sociedades modernas roubaram horas ao sono. Atualmente dormimos duas horas menos do que há décadas anteriores. Sendo esta uma razão, entre outras, que tem contribuido para o aumento do número de obesos em todo o mundo.

Apesar de que, dormir pouco, por si só não seja o único hábito responsável pelo ganho de peso, mas é um factor a não descurar na luta contra os quilos a mais. Por isso quem pretende perder peso com sucesso deve procurar dormir bem todas as noites.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Faça um comentário