O xarope de agave é melhor que o açúcar?

Na tentativa de encontrar um substituto do açúcar, o xarope de agave é muitas vezes proposto como uma alternativa saudável, e muito recomendado para quem quer perder peso. Será realmente isto certo, ou pode ser pior que o açúcar?

Hoje em dia, em qualquer supermercado é possível encontrar este produto. Conheça os benefícios do xarope de agave mas também os seus malefícios. Fique a saber toda a verdade!

O xarope de agave engorda? Tudo o que deve saber!

O que é o xarope de agave e para que serve

O xarope de agave, também conhecido como néctar de agave é produzido a partir da planta com o mesmo nome. Uma planta que cresce principalmente no México. Das suas folhas é extraído a seiva, um líquido que depois de passar por uma fervura de várias horas adquire a consistência de uma calda de cor acastanhada e um sabor doce. Quanto mais escuro for o xarope, mais doce e forte é o sabor a caramelo. Quase todo o açúcar que contém é frutose (o açúcar da fruta), tendo por isso uma capacidade adoçante maior que o açúcar.

Como utilizar? 

Tem a consistência parecida ao mel, mas mais liquida, por isso dissolve rapidamente. O seu sabor neutro permite que seja usado em substituição do açúcar normal, para adoçar bebidas quentes e frias, iogurtes, em receitas culinárias, panquecas, sobremesas etc. No entanto em receitas cozinhadas como pudins, bolos, a textura da massa pode não ficar a mesma, por isso é recomendado substituir só parte do açúcar da receita.

Qual é a equivalência com o açúcar?

Pelo facto de adoçar mais que o açúcar, a quantidade a utilizar deve ser reduzida. 100 gramas de açúcar comum equivalem a 75 gramas de xarope de agave.

Neste caso, para converter uma quantidade de açúcar normal na mesma quantidade de xarope de agave, multiplica-se por 0,75. Quantidade de açúcar x 0,75 = Quantidade necessária de xarope de agave (em g).

É uma alternativa saudável ao açúcar para adoçar?

Geralmente é recomendado como uma alternativa saudável ao açúcar, por estas razões:

  • É mais doce do que o açúcar, então é preciso menos quantidade para adoçar
  • Tem um índice glicémico mais baixo do que o açúcar, o que faz que eleve menos a insulina. Quanto menos picos de insulina no sangue, melhor para a perda de peso. Por isso, o xarope de agave também é recomendado para diabéticos
  • Tem menos calorias que o açúcar

Tudo isto é certo, e parece tudo vantagens, mas pode levar a enganos. Para compreender melhor, devemos saber que o xarope de agave está composto quase na sua totalidade de frutose e, portanto, é mais doce que o açúcar de mesa, que está constituído de sacarose (uma mistura de frutose e glicose). Isto significa que é preciso menos quantidade para adoçar em comparação ao açúcar. Neste caso, menos quantidade, representa menos calorias.

Tem um índice glicémico baixo

Como é rico em frutose, tem um índice glicémico baixo, de apenas 20. O açúcar de mesa é de 70. Quanto maior for o índice glicémico de um alimento, mais faz aumentar o nível de glicose no sangue. Após o consumo de uma colher de chá de agave, o nível de açúcar no sangue aumenta muito mais lentamente do que após o consumo de uma colher de chá de açúcar. Sendo assim, a frutose não estimula a produção de insulina, sendo o xarope de agave particularmente indicado para os diabéticos.

Ao não haver uma estimulação rápida da insulina, os níveis de açúcar no sangue mantêm-se estáveis, o que é, especialmente útil para quem está a fazer dieta. No entanto, a sua maior desvantagem é a frutose. Mas se for usado com moderação pode ser uma boa alternativa ao açúcar.

A frutose é um problema?

O maior problema do xarope de agave, apesar de ter um índice glicémico baixo, é o seu alto teor em frutose. É constituído por 90% de frutose. É verdade que a fruta também contém frutose, mas de forma natural e acompanhada de fibras, que é lentamente absorvida antes de chegar ao fígado.

A frutose é transformada em gordura pelo fígado, o que leva ao ganho de peso. Também pode causar resistência à leptina, a hormona encarregada de enviar os sinais de saciedade para pararmos de comer, o que é uma desvantagem para qualquer dieta de emagrecimento.

A frutose em excesso está associada ao desenvolvimento da obesidade, hipertensão, resistência à insulina e diabetes tipo 2. Também não é adequado para as pessoas com intolerância à frutose.

Quantas calorias tem?

Ao contrário do que se pensa, o xarope de agave não é um produto baixo em calorias, 100 g tem 305 Kcal enquanto 100 gramas de açúcar tem 390 caloriasEmbora tenha menos calorias que o açúcar, a diferença é pouca. Ambos são calóricos. A diferença é que o néctar de agave tem maior capacidade adoçante. Com menos quantidade, adoça mais que o açúcar.

Valores nutricionais do xarope de agave por 100 g
Calorias – 305 kcal
Proteínas – 0,1 g
Hidratos de carbono -75 g
Gorduras – 0,1 g

  • 1 colher de chá (5 g) – 15 calorias
  • 1 colher de sopa (15 g) – 46 calorias

É rico em micronutrientes?

Outro dos benefícios atribuídos ao xarope agave é o facto de conter minerais, e outros oligoelementos que o açúcar comum não tem. Fornece sódio e potássio, ferro e vitaminas C e E. Mas para usufruir de todos estes micronutrientes é preciso ingerir uma grande quantidade. Além disso, a seiva ao passar por um processo de exposição a altas temperaturas, as suas enzimas e os frutanos são convertidos em frutose, e o agave perde grande parte das suas propriedades benéficas.

Pode ajudar a perder peso?

O xarope de agave embora possa servir para substituir o açúcar, é um alimento rico em frutose, e se não for usado com moderação pode contribuir para o aumento de peso. A vantagem é que com menos quantidade adoça o mesmo que o açúcar.

Um alto consumo de açúcares, independentemente da origem, fazem engordar. O xarope de agave não é a excepção. Se tem obesidade e está a fazer dieta de emagrecimento, é melhor evitá-lo. Se deve perder pouco peso e toma com moderação, poderia servir. No entanto, existem opções mais saudáveis para adoçar em vez do açúcar e da frutose, como a stevia, um adoçante natural sem calorias. E, ainda o xilitol, baixo em calorias.

Se mesmo assim decide-se por comprar, prefira o xarope de agave biológico, não por ser mais saudável, já que tem tal como os outros, frutose. Mas por não conter pesticidas e fertilizantes químicos, e o sabor costuma ser melhor.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Faça um comentário