Quais são os alimentos proibidos na dieta Perricone?

Existem muitos alimentos proibidos na dieta Perricone, dado que, e segundo o Dr. Perricone especialista em Antiaging, consumir certos alimentos e bebidas acelera o envelhecimento.

A dieta Perricone é uma dieta antienvelhecimento , desenhada não para perder peso, embora leve a isso, mas para combater as rugas e a flacidez  e uma série de outros problemas relacionados com a saúde, incluindo doenças cardíacas e cancro. O dermatologista Nicholas Perricone, afirma que a inflamação é a causa do envelhecimento.

O que está proibido na dieta Perricone

Sendo assim, esta dieta elimina os alimentos com alto índice glicémico. Uma regra de ouro para seguir bem este plano é cortar todos os alimentos que contenham açúcar, amido ou farinhas. Por isso, o melhor é ficar a conhecer os alimentos que não devem fazer parte deste plano alimentar. A sua pele mas também o seu peso agradecerão!

Alimentos proibidos na dieta Perricone

 Açúcar: este vilão é o principal responsável da glicação, um processo que faz com que as moléculas do açúcar “se colem” às fibras de colágeno, levando-as a perder elasticidade e firmeza, o que se reflete num rosto com rugas e flacidez. Razão pela qual, o açúcar provoca o envelhecimento da pele precocemente. Por isso, o açúcar deve ser completamente cortado desta dieta, bem como todos os alimentos que o contenham, em qualquer das suas muitas formas. Verifique o rótulo dos alimentos que compra.

Farinha e outros amidos: os alimentos com um índice glicémico alto são os que contribuem para a formação da glicação. A farinha e os alimentos que contêm farinha, como pães, bolos, bolachas, panquecas, pizza, massas, estão entre a lista de alimentos proibidos, mas também, o arroz, os flocos e amido de milho, o xarope de milho (encontrado em muitos alimentos embalados e processados) os cereais (excepto a aveia integral), os produtos de diet e alimentos light que normalmente são açucarados, bem como, os vegetais de alto índice glicêmico tais como: cenoura, batata, milho e ervilhas, frutas como mangas, uvas, melancia, laranjas, bananas e as frutas desidratadas como as passas.

Outros alimentos e substâncias a evitar: a maioria dos alimentos a evitar na Dieta Perricone são aqueles que contêm açúcar, farinha e amidos. No entanto há alimentos, que embora não contenham estes ingredientes, não devem fazer parte do plano. São eles os alimentos que contenham conservantes químicos, as carnes vermelhas ricas em gorduras saturadas, os fritos, a margarina, a manteiga de amendoim, os óleos e gorduras trans, a fast food, os laticínios como o leite de vaca e os queijos duros, os adoçantes artificiais, mas também o mel, xaropes, melaço…

Café: estudos demonstraram que o café faz aumentar os níveis de cortisol a “hormona do stress”, que por sua vez, também faz subir os níveis de insulina no sangue, levando à inflamação das células, predispondo o corpo à hipertensão e ao envelhecimento acelerado.

Refrescos light e sumos de frutas industriais: o seu elevado teor de produtos químicos e adoçantes aumenta o risco de doenças cardiovasculares, promove a absorção das gorduras e dificulta a digestão e a assimilação de nutrientes importantes para a saúde.

Álcool: os metabólitos do álcool (moléculas chamadas aldeídos) danificam as membranas celulares, causando uma resposta inflamatória nas células. Um copo de vinho de vez quando é a única opção permitida na dieta Perricone, já que, especialmente o vinho tinto, contém polifenóis (poderosos antioxidantes que protegem o corpo do envelhecimento e doenças).

Tabaco: fumar é prejudicial à saúde e contribui para o envelhecimento da pele. Inalar meramente um único sopro de fumo gera nos pulmões mais de um bilião de radicais livres e substâncias nocivas que aceleram o envelhecimento celular. Isto faz com que os glóbulos brancos no sangue que revestem as artérias, se ativem e causem uma resposta inflamatória no coração e em outros órgãos do corpo.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Faça um comentário