Os benefícios de um jantar leve

Um jantar leve pode trazer muitos benefícios, sobretudo para emagrecer. O jantar é por vezes uma das refeições mais difíceis de preparar.

Depois de um dia longo de trabalho, quando chegamos a casa com fome, a vontade de cozinhar é pouca, para não dizer nenhuma e recorremos a alimentos preparados, que normalmente são calóricos, ricos em gorduras e hidratos de carbono refinados, como pizzas ou pratos pré-cozinhados (lasanha, canelone…) etc.

É certo que são opções rápidas de preparar, mas não são as mais saudáveis, nem ideais quando a vontade de perder peso é uma necessidade.

A importância do jantar leve para emagrecer

À noite o nosso metabolismo torna-se mais lento, o que quer dizer que gasta menos calorias, além disso a nossa atividade física diminui, o que significa que não vamos queimar muitas calorias. Sendo assim qualquer alimento tem tendência a engordar mais.

Por isso é muito importante um jantar leve, particularmente, para quem come muito ao almoço e ao lanche. Reduzir certos alimentos ao jantar, não só contribuímos para a perda de peso como também dormiremos melhor. Fique a saber que alimentos deve evitar e quais dar preferência num jantar saudável para emagrecer

 À noite corte nas gorduras e nos hidratos de carbono

Os hidratos de carbono são dos alimentos que mais engordam ao jantar. E a maioria dos alimentos comprados já preparados para refeições instantâneas, contêm teores elevados deste macronutriente e ainda acompanhados de gorduras.

Mas também refeições preparadas em casa à noite, com massas, arroz, batata, pão, param a perda de peso. Os hidratos de carbono fornecem energia, porque são transformados em açúcar. À noite esta energia não vai ser utilizada porque diminuímos a nossa atividade física, mas será convertida em gordura e armazenada.

No entanto, a preparação de um jantar leve e saudável para emagrecer deve apostar em ingredientes frescos com baixo teor de hidratos de carbono.

Os alimentos a evitar à noite são:

  • Refeições pré-cozinhadas: lasanha, pizza, canelone, etc.
  • Fritos e empanados como croquetes, batatas fritas, rissóis etc.
  • Enchidos gordos como salsichas, chouriço, salame, mortadela, bacon, etc.
  • Massas, pão ou cereais refinados, tartes… (são hidratos de carbono que fornecem energia de fácil assimilação, prefira os produtos integrais, mas com moderação).
  • Molhos gordos como natas, maionese, manteiga, bechamel, banha de porco, bacon, queijos fortes, óleos, margarinas.
  • Açúcar e doces como bolos, chocolate, bolachas.
  • Refrigerantes, bebidas alcoólicas, bebidas açucaradas e sumos
  • Frutas muito doces: algumas frutas (ao contrário do que muitos pensam, não devem ser comidas à noite), em qualquer caso, prefira as laranjas, maçãs, morangos, abacaxi e pera.

As proteínas não devem faltar no seu jantar

Para o jantar privilegie os alimentos ricos em proteínas. Ao ingerir alimentos ricos em proteína, não só promove a perda de peso, como também contribui para um sono relaxante e reparador. Isto porque, durante a noite as proteínas encarregam-se de favorecer a reconstrução e recuperação da massa muscular e de sintetizar hormonas para prevenir o envelhecimento.

Além disso, se ao jantar não ingere proteínas suficientes pode vir a ter problemas de sono e diminuição do metabolismo, o que faz aumentar a dificuldade para perder peso.

Opções saudáveis para um jantar leve

Um jantar leve não é sinónimo de desequilibrado, pelo contrário, pode ser completo e nutritivo. Receitas leves e rápidas para o jantar podem ser ser constituídas por:

  • Uma porção de peixe, branco ou azul
  • Carne magra, como frango, peru, cozido, ou grelhado, cozido ao vapor, com 1 colher de sopa de azeite.
  • Como acompanhamento, prefira uma salada com alfaces variadas, tomate, pepino, sementes, rabanete, ou um prato de legumes cozidos ao vapor. Veja aqui os legumes baixos em hidratos de carbono.
  • Uma sopa de legumes (sem batata e cenoura) é outra opção de jantar leve, coma depois um queijo fresco ou 3 fatias de fiambre de peru para fornecer proteínas.
  • Se não tem vontade de cozinhar coma uma peça de fruta acompanhada de um iogurte natural (sem açúcar) ou queijo e um punhado de frutos secos naturais.

Em termos práticos, um jantar leve para emagrecer, e também por questões de saúde, deve ser baixo em hidratos de carbono e conter proteínas (com pouca gordura), as necessárias, para saciar sem levar ao ganho de peso enquanto dormimos.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

One Response to “Os benefícios de um jantar leve”

  1. Olá! Queria apenas que já sigo há algum tempo este blog e devo dizer que é dos melhores que já li até hoje. Ajudou-me bastante a entrar nesta onde saudável e só tenho tido bons resultados até agora.

Faça um comentário